domingo, 7 de agosto de 2011

Hélcio, o último grande zagueiro da época do amadorismo


Assim que chegou ao Brasil o futebol era bastante diferente do que é hoje. Os jogos eram vistos como espetáculos, e a "platéia" ia assistir aos jogos de uma forma completamente diferente de hoje. Era a época do futebol amador, onde a maioria dos jogadores eram estudantes, ou trabalhadores "normais", e não pensavam em fazer carreira como jogador de futebol.

Foi nesse período que jogou Hélcio, o último grande zagueiro rubro-negro da época do amadorismo. Jogou pelo Flamengo de 1924 até 1931, num total de 141 jogos, onde marcou 6 gols. Pelo clube conquistou o Campeão Carioca em 1925 e 1927.

Hélcio de Paiva nasceu no Rio de Janeiro, no ano de 1903. Fez sua estreia pelo clube no dia 7 de Setembro de 1924, na vitória por 4 x 0 sobre o Vila Nova-MG. Bom no desarme e no jogo aéreo, Hélcio também era muito eficiente com a bola nos pés. Seu bom desempenho com o Manto Sagrado lhe garantiu uma passagem pela Seleção Brasileira entre 1925 e 1928, num total de cinco jogos. Disputou com a amarelinha o Campeonato Sul-Americano em 1925.

Um fato curioso sobre Hélcio fica por conta dos seus gols marcados, pois apesar de ser um grande zagueiro era um pouco "pé-frio". Sempre que marcava gols o Flamengo não vencia. Seu primeiro gol foi no empate por 2 x 2 com o Syrio e Libanês (RJ), no dia 18 de Julho de 1926. Marcou em 2 empates e 4 derrotas, sendo que dos seus 6 gols pelo clube, dois gols foram marcados contra o Bangu e outros dois contra o São Cristóvão.

Como muitos jogadores na época, Hélcio se afastou do futebol com a chegada do profissionalismo. Seguiu sua carreira e entrou para a lista de grandes zagueiros que passaram pelo Flamengo.

Hélcio é um dos Heróis do Mengão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário